Sinta-se feliz por amar

Mari Soek | 10 de out de 2013
tumblr imagens perfeitas - Pesquisa Google

Existia uma garota, ela não tinha nada de mais, pelo menos era isso que ela pensava. Ela fazia coisas normais de garotas normais de 15 anos, mas a verdade era que muito pouco disso tudo a agradava, algumas coisas a faziam se sentir insegura, ela tinha um medo absurdo de algumas coisas e isso a privava de viver. Ela não sabia se podia confiar nas pessoas que estavam ao seu redor, não que as pessoas que estavam ao seu redor fossem pessoas ruins, nem todas eram, mas ela não confiava. Ela não sabia confiar. 

Ela não contava isso pra ninguém afinal ela tinha uma personalidade forte, orgulhosa e teimosa de um jeito só seu. Ela se sentia mal por amar demais, sonhar demais, desejar demais, pensar demais, se importar demais, mas ela mal sabia que era isso que a fazia ser diferente e tão especial, que era por isso que tantas pessoas queriam ficar ao seu lado. Ela achava que amar demais era um defeito, coitada, ela nem imaginava que essa era a sua maior qualidade e que todas as pessoas queriam ter um pouquinho do seu amor. Mas, e por que ninguém conta isso pra ela, por que todo mundo deixa ela ficar mal? A meu amigo, já ouviu aquele ditado clichê de que "As pessoas querem te ver bem, mas, nunca melhor que elas"? Pois nesse caso, ele se encaixa perfeitamente.

As vezes quando ela deita a noite ela só deseja que no outro dia alguém a abrace apertado e diga que nunca vai deixa-la, exatamente como ela fez/faz tantas vezes com tantas pessoas. 

Como eu sei disso? Somos muito próximas, digamos que somos praticamente a mesma pessoa. 

 Espero que tenham gostado. Beijos :*

6 comentários

  1. Adorei seu texto, e me identifiquei bastante. Tenho a mania besta de imaginar que as pessoas vão fazer para mim o mesmo que faço por elas. Já me sacrifiquei por varias pessoas, e quando eu precisava do "sacrifício" delas, infelizmente não havia ninguém por perto. Aaa, e quantas pessoas eu já consolei, mas novamente quando eu precisava de alguém, elas não estavam por perto ://
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre assim, né? Quando alguém precisa estamos lá, mas quando precisamos não sobra um. Fico feliz que tenha gostado, mesmo. Beijos

      Excluir
  2. Gostei muito do texto Mari. Já me senti assim muitas vezes, mas com o tempo fui percebendo quais pessoas realmente estavam ali pra me consolar e dar um ombro amigo. Gostei mesmo do texto, super bem escrito <3
    Bisous linda
    needfulglam.blogspot.com
    www.facebook.com/needfulglam

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito, muito feliz que tenha gostado. Ah eu quero perceber logo, tem algumas coisas acontecendo com amigas bem proximas que tão me deixando louca. Beijos :*

      Excluir
  3. Além dos nossos nomes serem iguais, me encontrei bastante no seu texto, em cada frase que li. A insegurança, as dúvidas e o tão sonhado abraço... Adorei tudo! Texto muito lindo! ;)
    http://maiavox.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, quanta coincidência, mas a minha intenção pra cada texto é que as pessoas vejam que não são as únicas que passam por determinadas coisas. Fico feliz que tenha gostado. Obrigada. Beijos

      Excluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.