Quebrando Pratos

Mari Soek | 17 de dez de 2014


Oii  meus queridos, tudo bom? O ano ta acabando e eu não podia deixar de fazer os posts clichês que tem todo fim de ano, mas que todo mundo ama ler e eu, escrever. A ideia desse post é "quebrar" o que mais me incomodou no ano de 2014 e que pretendo deixar morto e enterrado em 2014. Vamos começar!



 Estresse tá ai uma coisa que não sai de mim de jeito nenhum. Eu sou extremamente estressada, e todo mundo me fala isso e eu sempre prometo que vou parar, e nunca consigo. O pior é que eu me estresso por coisinhas pequenininhas. Com certeza vou deixa-lo em 2014. 

  Medo de todas os pratos quebrados que vi nos blogs que fizeram o post, o medo estava lá, e eu não sou uma exceção. O medo me persegue, acho que é importante sim ter medo de algumas coisas, o medo as vezes é proteção. Mas o meu medo é gigantesco. Em 2014 eu enfrentei vários dos meus medos, mas mesmo assim a lista de medos que preciso enfrentar é loooonga. 
 Falta de Confiança em Mim "não vou conseguir passar na faculdade" "esse post está ruim" frases que eu normalmente falo graças a falta de confiança, é uma das coisas que mais me deixam pra baixo, também consegui melhorar com ela e acreditar muito mais em mim, mas as vezes tenho algumas crises, e é uma coisa que eu não quero que me acompanhe no ano que se inicia. 
Procrastinar  procrastinar quer dizer deixar tudo pra depois, ou seja, enrolar. Isso é quase o meu sobrenome, e é uma coisa que me afeta profundamente já que vou adiando tudo e ai a pressão aumenta, quando vejo estou atolada de coisas pra fazer, ai eu meio que surto. 
Sofrimento Antecipado outra coisa que me deixa doida, eu já estou sofrendo por envelhecer (isso que ainda sou uma criança), sofro pelo vestibular, ou pela matéria de matemática do ano que vem. 

Gente, esses são os pratos que eu quebrei, e os seus quais são? Não deixem de me contar. 
Beijos, espero que tenham gostado :*

Gostou? Comente/Compartilhe
 Me siga nas minhas redes sociais instagramtwitter e fanpage do blog

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva do RotaRoots, um grupo que tem como objetivo de resgatar a época onde os blogs pessoais eram diferentes, incentivando a produção de conteúdo criativo e autoral.

2 comentários

  1. Caramba, seus pratos foram bem pesados. Parabéns por ter conseguido quebrá-los. Boas conquistas.

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.