Guia de Profissões- Produção Cultural

Mari Soek | 8 de mai de 2015
Olá meus amores, tudo bom?

Hoje vai ter mais um post da coluna Guia de Profissões com esse já são 4 e estou tão animada, vou deixar o link dos outros posts aqui Biomedicina, Ciências Sociais e Engenharia Elétrica.  

Eu achei super interessante saber mais sobre essa profissão e acho que vai ser uma profissão/curso que muita gente vai se interessar. 
O post de hoje é com a Nicole Marega, 21, São Paulo-SP e cursa o primeiro período de Produção Cultural. 

Como é o Curso e as áreas de atuação?

O curso é sobre cultura e todas as formas de arte (cinema, fotografia, música...). As áreas de atuação em Produção Cultural são grandes, você pode fazer seu próprio evento, com patrocínios e apoios. Ou você pode ser contratado por empresas que trabalham com a arte em si, como ser produtor de filmes, novelas, ou talvez fazer uma produção de exposição de artes. Depende mais de qual for o seu interesse.

E sobre o mercado de trabalho? Onde é o melhor lugar para sua profissão?

Acredito eu que a arte está em todo lugar, isso facilita a questão do local onde pode ser trabalhada. Mas nem sempre a cultura tem importância, muitos municípios não apoiam e estimulam a população a entrar em contato com a arte e isso dificulta o trabalho do produtor e também do artista que será produzido. Os grandes centros, como São Paulo, Rio de Janeiro, possuem muitas oportunidades, assim como New York que é o grande centro artístico das Américas e quem sabe do mundo! 

Dentro do curso, como é a grade curricular? A dinâmica das aulas? 

O curso envolve muita teoria da arte em geral. Tem música, teatro, dança, mas não são aulas práticas. Nós aprendemos como avaliar um trabalho artístico, nossa visão tem que estar bem crítica para que nossos trabalhos sejam melhores. Lemos muito sobre cultura, o que é a cultura na sociedade, como é a formação do homem através da cultura... O curso tem muita leitura, toda semana são capítulos e resumos para fazer de todas as seis matérias. A parte da escrita em aula quase não é feita, os professores não escrevem no quadro, passam vídeos e pdfs. Na prática fazemos festas, choppadas, mas não conta como hora/aula pra faculdade. O curso de Produção Cultural da Uff tem como tradição o 1º período fazer a festa Junina, que é aberta para o público, então é um evento grande e isso é uma baita experiência e oportunidade de colocar o aprendizado em prática.

Já teve duvida se queria mesmo continuar no curso e já tentou outra coisa?

Eu já cursei Comunicação Social, onde eu poderia escolher entre Jornalismo e Publicidade, mas na verdade, essas duas profissões "roubam" pessoas criativas de outras profissões. Óbvio que tem suas exceções. Mas quando me dei conta disso, vi que estava no lugar errado. E pra falar a verdade nunca pensei em fazer Produção Cultural, mas todo o meu perfil era de produtor, na questão de planejamento, criação, artes. E só fui ver que isso realmente me interessava e fazia meu perfil quando comecei a cursar.

Qual a melhor e a pior parte do curso?

A melhor parte do curso é a criação, é colocar a mão na massa, é ver que todo aquele exaustante planejamento se tornou algo sensacional e feito por você. E a parte ruim é ter que ler muito, a leitura em si não é ruim, mas quando você começa a ler um texto de um filósofo tal sobre a cultura e a sociedade, não é só uma leitura, você tem que entrar na cabeça desse filósofo e se perguntar o que ele quis dizer com aquilo. Porque filósofos são pessoas muito inteligentes e acabam sendo difíceis de entender. Então a leitura pode ser de apenas 25 páginas, mas você vai ler cada uma 5 vezes.

No que você mais tem dificuldade? 

 Eu tenho mais dificuldade de entrar na cabeça dos filósofos/antropólogos, ou às vezes de ter um conversa sobre uma dança contemporânea oriental com alguém da sala, porque nenhum estudante de Procult vê só o que está sendo mostrado, ele vê muito além, vê significado na iluminação e na vestimenta fúnebre dos dançarinos.

Quantas horas de estudo até passar no vestibular/enem? E como se preparou para o vestibular? (se no seu vestibular tinha vocacionada conta um pouquinho come se preparou pra elas) 

Eu estudei em um pré-vestibular social durante um ano. Nas últimas semanas eu me desliguei do mundo. Fiquei em casa vendo vídeo aula, resumindo matérias e fazendo provinhas. Fiz 17 redações com os temas mais prováveis para a redação do Enem e acabou que não foi nenhum deles. 


Como é o tcc do seu curso? 

Não sei do TCC ainda, só vou saber nos períodos finais. 

E ai gente, o que acharam do curso? Não esqueçam de deixar a opinião de vocês e qual curso/profissão vocês querem ver por aqui. 

Sobre o curso
Sobre o Curso 
Teste Vocacional

Espero que tenham gostado, beijos :*

 Gostou? Comente/Compartilhe
 Me siga nas minhas redes sociais instagramtwitter e fanpage do blog, canal do youtube
 Ah, agora eu tenho snap: marisoek

14 comentários

  1. Oi Mari!
    É uma área bem abrangente, achei bem interessante saber mais :D
    Seu blog é um amorzinho, sucesso <3
    Beijoos
    http://gabriela-amorim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari, para ser sincera nunca havia ouvido falar dessa profissão, mais achei muito interessante até para quem não conhecia já da para ter uma noção!!
    Deve ser muito gostoso trabalhar nessa área!
    www.deliriosdemaria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também haha
      Acho que sim, deve ser muito bacana trabalhar com isso.

      Excluir
  3. Olá Mari!
    Parabéns seu blog esta lindo moçinha rs, e fiquei encantada com a profissão de produção cultural e amei conhece-la melhor.
    Estou seguindo aqui viu *-*
    Beijos
    http://www.arosidias.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é incrível, né? Fico feliz que tenha gostado e muito obrigada.
      Beijos :*

      Excluir
  4. Oi Mari,
    Que blog lindo e que ideia maravilhosa você teve. Ainda não conhecia esse curso.
    Estou preparando um post sobre a minha futura profissão acho que você iria gostar também. Quando postar irei te avisar tá?!

    Muito sucesso lindona.
    Beijos da Lai! :*

    www.mundodalai.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lai, muito obrigada querida.
      Isso, me manda sim.
      Sucesso pra ti também, beijos :*

      Excluir
  5. Adorei o post, confesso que não conhecia esse curso mas gostei muito <3 adoro arte, musica, cultura em geral (apesar de ser mais ligada nas raízes africanas e indígenas) adorei essa série, adorei a ideia e adorei o blog, claro!
    Grande beijo e sucesso: http://noite-de-outono.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o curso que fica meio as escondidas, né? hahah
      Então, não deixe de acompanhar, toda sexta-feira tem um novo post dessa série.
      Beijos, e sucesso pra ti também.

      Excluir
  6. Nossa, eu nem sabia que existia esse curso. Achei que eram apenas cursos técnicos para se tornar produtor de eventos, e bom, nunca pensei muito sobre essa profissão. Interessante saber mais. Mas vou ter que discordar da entrevistada quando diz que jornalismo/publicidade "roubam" pessoas criativas de outras profissões: As áreas de comunicação de relacionam, mas são bem diferentes umas das outras! Com certeza você acaba achando sua área e ficando por lá - das diferentes e várias que existem. Quem tem mais vocação para bastidores de eventos não vai trabalhar em uma agência de publicidade ou cobrindo matérias para o jornal da cidade. Enfim hahahahaha

    Sabor Absinto l www.saborabsinto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também nunca nem sonhei que estivesse uma faculdade para Produção Cultural, mas adorei conhecer mais.
      Fato! haha

      Excluir
  7. Oi Mari, realmente não conhecia esse curso, mas parece ser muito legal, e também um pouco difícil. Sua ideia foi ótima, em criar uma série assim pro blog. Adorei!
    Amei seu blog Mari, achei ele muito fofo <3

    Beijinhos
    www.keep-calm-girls.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Muuito obrigada, Bella. Então não deixe de acompanhar, toda sexta tem atualização da série.
    Beijos, Bella. <3

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.