Uma carta para eu do futuro

Mari Soek | 6 de jun de 2014
 Oi, Mari. Estou te escrevendo essa carta no dia 01/06/2014, tenho 15 anos. E você, provavelmente, deve estar com 25. Poxa, 10 anos se passaram, e eu preciso perguntar, você ainda tem medo de escuro? 
Espero que você tenha se formado em Jornalismo, e que tenha continuado com o blog. E que tenha conhecido pelo menos metade do mundo, não me decepcione, okay? 

Será que eu sou feliz agora? As escolhas que eu vou fazer nesses 10 anos vão me fazer feliz? Rezo pra que sim, rezo pra que tenha continuado no caminho certo, com as ideias certas. Será que realizei os meus sonhos? E quais serão os meus sonhos daqui a 10 anos?  

Não posso deixar de pensar em como cuidamos do nosso corpo, será que já tivemos coragem de fazer as 18 tatuagens que sonhamos quando eramos pirralhas? Eu espero que você não tenha o nome do seu namorado tatuado, por favor, não faça isso. Será que o eu do futuro vai ser menos preguiçosa e vai pra academia, olha gata, se já tem umas coisas moles com 15 imagina com 25, espero que se você ainda não foi malhar depois dessa carta comece a ir. 

As suas amizades continuam as mesmas? O futuro que você planejou com seus amigos está dando certo? Creio que não. Aposto que quando você leu isso soltou um daqueles sons irônicos que adoramos fazer, e agora, você sorriu. 

E o seu namorado? Ainda estão juntos? Eu espero do fundo do meu coração que sim, acredito que sim, afinal, suas mãos se encaixam. Se vocês já não estiverem casados, estão organizando o casamento. Isso deve estar te deixando doida, você precisa ter pelos uma orquídea no seu buque, ela tem um significado muito especial pra você.  Não se esquece do carro que você sonhou desde que se conhece por gente pra te levar pra Igreja, eu sei bem que você se decepcionaria se não tornasse isso realidade. Se o Vini do futuro estiver lendo essa carta do seu lado da um beijo nele, por mim.(tsc tsc) Ah, ele provavelmente deve ter realizados alguns dos sonhos dele, olha pra ele agora e diz que você sempre soube que ele ia conseguir realizar tudo. Obrigada, Mari. 

Você ainda é chorona? Porque a Mariana de 2014 não conseguiu parar de chorar desde que começou a escrever essa carta. Argh! Será que você conseguiu parar de discutir com sua mãe? Sua irmã ainda é a sua melhor amiga? Você ainda se lembra do que passou no colégio? Espero que tenha conseguido superar, isso te fazia muito mal. Você conseguiu mudar o mundo? Acho que não, tomara que tenha conseguido mudar pelo menos uma pessoa. Tomara que o eu do futuro tenha mais coragem, coragem de dizer o que pensa. Rezo pra que você seja forte Mariana, você vai enfrentar muita coisa ruim, e muitas pessoas ruins. Tomara que você tenha aprendido que nem todo mundo tem boas intenções. Você deve ter sua casa, como sempre sonhou. Se você não perdeu o medo de envelhecer deve estar surtando, mas calma, envelhecer não deve ser tão ruim ainda mais se você tiver alguém pra envelhecer ao seu lado. Queria poder saber o que enfrentaríamos nesses 10 anos, facilitaria um pouco. Mas concordamos que o melhor da vida é a surpresa. Eu espero que você se orgulhe de si mesmo, tomara que você não tenha esquecido quem você é de verdade, espero que continue tendo um bom coração, e que lute pra conseguir o que quer, como venho lutando desde sempre. Que continue amando o vento no rosto, e valorize as pequenas coisas, que continue rindo dos motivos mais idiotas, e que nunca mude o que tem de bom em você. Espero que não tenha se esquecido da promessa que fez para seu pai, e da promessa que fez para si mesma. Um beijo, Mari. 

Gente, vi essa ideia no blog da Larissa, e amei. Me emocionei muito escrevendo. Já fizeram esse post? Se sim, me mandem o link. 
                                      
                                       Espero que tenham gostado
                                                        Beijos :*
Gostou? Comente/Compartilhe
Me siga no Instagram



8 comentários

  1. Nosssaaa Mari, eu juro que to arrepiadinha! Amei amei amei. Ficou demais, sério. Nunca delete o blog, e daqui uns anos, antes dos 10 anos da carta, leia de novo e você vai rir e chorar do que escreveu nessa carta. Sério haahha Eu adorava reler os meus diários, mas nunca tinha feito uma carta mesmo. Mal posso esperar para saber como eu vou ser daqui a 10 anos. Espero de coração que todos os seus sonhos se realizem, e que, principalmente, vc perca o medo do escuro hahaha ,Beijo enorme!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que linda, Lari. Muito obrigada, eu também amo ler meu diários. Nunquinha vou deletar o blog. Menina cê não tem noção de como eu queria poder saber como tudo vai ser daqui 10 anos... Kkkk Espero que todos os teus sonhos se realizem também e que você seja muito muito feliz.

      Excluir
  2. Nossa, Mari, chorei depois dessa carta, sério, está linda! Ah, nem pense em acabar com seu blog, por que se não vou te perseguir em todas as redes sociais pedindo para que volte!! haha brincadeira!
    Achei linda a sua carta ( acho que já disse isso), mas mesmo assim vou repetir, sério, adorei a ideia e com certeza vou fazer!
    Com carinho Isa :3

    http://isanopaisdasmaravilhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura? Anw, que linda. ahsuahs Não vou acabar com o blog, nunquinha. u.u Anw, muito obrigada. Isso, faz sim. E me manda.

      Excluir
  3. Oi xará, haha, já fiz uma carta dessas em meu blog também e me imagino lendo daqui muito tempo, acho que vai ser uma experiência incrível!
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me imagino lendo daqui um tempo e vendo se tudo tornou verdade.

      Excluir
  4. Oi Mari, gostei muito dessa ideia de escrever uma carta para a "eu" do futuro. Gostei muito da sua carta, das suas dúvidas sobre todos os seus planos do presente deram certo no futuro. É tão misterioso né?! Quem sabe não faça uma no meu blog também?! Adorei.

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É super misterioso, pensar no futuro me deixa ansiosa. Faz sim, e me manda o link, hein.

      Excluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.