BEDA 3: Resenha: Papisa Joana.

Mari Soek | 3 de ago de 2016
Olá amores, tudo certo?


    Livro:  Papisa Joana 
   Editora: Geração Editorial
   Autora: Donna Woolfolk Cross
   Páginas: 491
  Sinopse: No ano de 814, Idade Média, que ficou conhecida como a Idade das Trevas, as mulheres eram impedidas de estudar, podiam ser estupradas e até mortas pelos maridos. O conhecimento estava sufocado, os países hoje conhecidos na Europa não existiam, nem os idiomas modernos. Cada região tinha o seu dialeto e a lingua culta era o latim, herdada do Império Romano, que já havia sido derrubado pelas invasões bárbaras. Foi neste período sombrio que uma mulher passou a maior parte de sua vida vestida de homem, estudou medicina, foi médica do papa e tornou-se ela mesma papisa – durante dois anos. A história da Papisa Joana foi conhecida até o século XVII, quando o Vaticano resolveu apagá-la da história da Igreja. Não adiantou. Dona Woolfolk Cross pesquisou, descobriu os arquivos e achou a história tão fascinante que a transformou num romance, em que aventura, sexo e poder cruzam-se com maldições, guerras e heresias.


  Ultimamente estou tendo a sorte incrível de ler livros muito bons e em seguida, e o da vez foi Papisa Joana. 

  Confesso que demorei um tempinho pra ler, ele tem bastante coisa histórica e uma escrita mais pesada e um pouco cansativa.
No começo, eu fiquei um pouco chocada e revoltada e precisava ficar me lembrando o tempo todo que era á anos atrás. 


O livro conta a historia de Johanna, uma menina muito inteligente e que queria muito estudar e seguir uma vida diferente, mas como na época as mulheres podiam apenas seguir com suas obrigações de mãe e dona de casa, ela se revoltou e fugiu de casa. É obvio que esse é um pequeno(bem pequeno) resumo da historia, se falar mais posso dar spoiler. 

Eu achei a menina Johanna uma mulher de muita atitude, força e coragem. E quero do fundo do meu coração que a historia seja real, que tudo tenha acontecido pra inspirar a mim e outras mulheres a seguir caminhos que segundo a sociedade não são para nós. 


                                       Espero que tenham gostado, beijos :*


Gostou? Comente/Compartilhe
 Me siga nas minhas redes sociais instagramtwitter e fanpage do blogyoutube
agora estou no snap: marisoek   


Nenhum comentario

Postar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.